Apresentação

  A habilitação em Indumentária do Curso de Artes Cênicas forma profissionais para atuarem como figurinistas em teatro, cinema, televisão e publicidade.

  O perfil do egresso compreende uma sólida formação ética, teórica, artística, técnica e cultural que o capacite tanto a uma atuação profissional qualificada quanto ao empreendimento da investigação de novas técnicas, metodologias de trabalho, linguagens e propostas estéticas. Compreende também, a postura de permanente busca de atualização profissional e de iniciativa de interferir no mercado de trabalho, criando novas possibilidades de atuação intelectual e artística.

  As Artes Cênicas têm na Escola de Belas Artes uma longa tradição que remonta ao século XIX, quando alunos e professores já participavam do teatro, da ópera, da dança e do carnaval cariocas, como cenógrafos, cenotécnicos e figurinistas.

  A habilitação em indumentária se originou da disciplina indumentária histórica, que até o final da década de 1950 era ministrada pela Profª. Sofia Magno de Carvalho. Na década de 70 foi criado o Curso de Bacharelado em Artes Cênicas com o nome de Curso de Cenografia, tendo sido implantado a seguir o Curso de Indumentária. Como cursos independentes, eles funcionaram de 1971 a 1974, e como habilitações de um mesmo curso, de 1975 em diante.

  A formação de nível superior para artistas cênicos, passou a ser exigida, quando a regulamentação das carreiras de artistas e técnicos em espetáculos de diversão foi efetivada em 1978 (Lei n° 6533 de 24/05/1978).

Todos os Direitos Reservados.
FALE CONOSCO
radyo dinle